Sem endereço



Simplesmente fiquei aqui sozinha, me sinto abandonada, como um pacote esquecido no meio da estrada ou como aquela encomenda que vai ser devolvida ao remetente porque não encontraram o destinatário. Sei que não sou perfeita, longe de mim, mas suas palavras duras ainda fazem buracos no meu coração e na minha alma de menina. Mesmo assim não consigo sentir raiva porque o amo, mesmo sozinha aqui ainda o amo.
Ainda espero não sei direito o quê, acho que são meus sonhos e expectativas que nunca param de dar sinal. Às vezes penso que você vai aparecer, pedir perdão, e dizer: nossa vida juntos começa agora! Mas sei o tamanho do seu orgulho, e só um amor tão grande e um coração renovado fariam isso acontecer, e sinceramente não sei se você um dia faria isso por mim.
Confesso que ainda não entendi o que está acontecendo, não entendi o sumiço, não entendi o abandono, mas pensei e concluí uma coisa: colocar nas mãos de Deus é o melhor caminho, assim fiz. Se o meu valor diante de você for pequeno não valerá a pena mesmo aparecer, mesmo assim meu valor para Deus continuará único, afinal somente Ele sabe o que se passa em meu coração.
Sei que de certa forma, querendo ou não, você deve estar um pouco preocupado pelo menos em algum aspecto comigo, posso dizer que estou bem, na medida do possível e apesar do vazio que estou sentindo. A dor de cabeça não passa, mas pelo menos não tive nenhuma crise de ansiedade, e isso para mim é uma grande vitória! 
Eu poderia ter feito alguma coisa melhor, não sei, poderia ter sido uma namorada melhor, mas tudo o que eu tinha e podia foi lhe dado, se errei foi tentando acertar, inclusive nas minhas crises de ansiedade que tanto me torturam, até elas estou aprendendo a controlar, é um trabalho árduo, daqueles de formiguinha mesmo, mas um dia conseguirei me livrar de tudo isso. Perdoe-me se não consegui ser quem eu deveria ter sido e se por algum motivo lhe decepcionei ou magoei.
Estou errada ou acabei de ver na tela do meu celular seu nome? Você me ligou? De verdade ou por engano? Não ouvi tocar... Enfim, tem sido doloroso esperar e não saber se ainda tenho alguém a esperar. Você se vira muito bem sem mim, mas eu e minha dependência emocional fazem com que eu sinta falta de alguma coisa a cada minuto, até do Blu, da Jade e dos filhotinhos deles fazendo música para eu dormir. E apesar de não saber de nada, apesar de estar perdida, lembra de Santa Mônica? Ela rezou mais de 30 anos pela conversão de Santo Agostinho, repeti essa história umas 500 vezes para você, mas continua sendo verdade, se eu não consegui lhe fazer feliz e lhe ganhar para o meu coração, tenho certeza que mesmo aqui sem saber como você está, conseguirei ganhar seu coração para Deus.

"E agora quando a gente faz tudo errado?
Aí é que você descobre se o outro te ama ou não.
Porque na vida, nós só temos o direito de dizer:
"eu amo você", depois de termos dito
 infinitas vezes: "eu perdoo você". 
Se não tem perdão, nunca existiu amor."
[Pe. Fábio de Melo] 




2 comentários:

  1. Nossa amiga, ameeei o post!
    Saudade lindona, mande notícias.
    www.sarahcristinny.com

    ResponderExcluir
  2. Obrigada!!!!! Saudades demais Sarinha! <3

    ResponderExcluir

Para ter a sua foto nos comentários desse blog é preciso cadastro no Blogger

Seguidores

I like

Postagens populares